UFECO

Carregando...
Redes sociais:
RSS
Twitter

Indicar página

21 de Março: Um dia de combate à discriminação racial

No Brasil, segundo síntese dos indicadores sociais de 2010 divulgada pelo IBGE em setembro de 2010, os negros representam 55% da população brasileira. Entretanto, este mesmo estudo revela a desigualdade latente entre negros e brancos.
 
“A desigualdade entre brancos, pretos e pardos se exprime também quando se observa o número de pessoas por posição na ocupação. Entre as pessoas ocupadas de 10 anos ou mais de idade, em 2009, eram empregadores 6,1% dos brancos contra 1,7% dos pretos e 2,8% dos pardos. Ao mesmo tempo, pretos e pardos eram, em maior proporção, empregados sem carteira (17,4% e 18,9%, respectivamente, contra 13,8% de brancos) e a maior parte dos empregados domésticos com carteira assinada (3,9% e 2,3% contra 1,9%) e sem carteira (8,3% e 6,8% contra 4,1%)”.
 
O dia 21 de Março, Dia Internacional pela Eliminação da Discriminação Racial, torna-se uma especial oportunidade de dar visibilidade a este debate, por ser o Ano Internacional dos Afro-descendentes, declarado também pela ONU e considerando o compromisso do Estado Brasileiro em cumprir com uma agenda política que colabore com o estado de igualdade de oportunidades, direitos e dignidade em nossa sociedade.
 
A efetivação deste compromisso está na criação da Secretaria Especial de Políticas para Promoção da Igualdade Racial, a SEPPIR, que neste mesmo dia 21 de março de 2011, comemora 8 anos de criação. Foi um período de muito trabalho para que os demais organismos do Governo Federal incorporem este compromisso e o efetivem em programas e ações, como a Campanha “Por uma infância sem racismo”, lançada em novembro de 2010 pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à fome em parceria com a UNICEF. Este trabalho acontece da mesma forma nos Estados e Municípios, através dos Gestores do Fórum Intergovernamental de Promoção da Igualdade Racial.
Em Florianópolis, a Prefeitura Municipal através da COPPIR (Coordenadoria de Políticas Públicas para a Promoção da Igualdade Racial) legitima e dá visibilidade ao espaço da diversidade, buscando no desdobramento da política nacional junto aos demais órgãos e instituições municipais, promover ações e programas que gerem desenvolvimento com justiça social.
 
HISTÓRIA
O Dia Internacional pela a Eliminação da Discriminação Racial foi instituído pela Organização das Nações Unidas após o massacre de Sharpeville, bairro da cidade de Joanesburgo, capital da África do Sul.
Lá, no dia 21 de março de 1960 acontecia uma manifestação pacifica da população negra contra a lei do passe - que obrigava os negros a portarem cartões de identificação, especificando os locais por onde podiam circular - , quando o exército atirou sobre os manifestantes. O resultado da ação militar provocou a morte de 69 pessoas e ferimentos em outras 186. Desde então, o 21 de Março tornou-se um dia de combate mundial à instrumentalização do racismo: a discriminação racial.
O racismo se apresenta, de forma velada ou não, contra judeus, árabes, mas sobretudo negros.
 
FONTE: COPPIR